segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Transcendence - Shay Savage

Once upon a time... Há longínquos milênios atrás vive ops sobrevive o nosso Hominho di Papel. Ele é um homem das cavernas que habita uma terra inóspita, selvagem e muito perigosa. Sua vida é árida e solitária, uma vez que sua aldeia foi dizimada e agora é somente ele, Deus e os animais pré-históricos.

Com seus parcos conhecimentos e quase nenhum recurso ele tenta sobreviver, mas confesso que está difícil. A falta de ferramentas, o fato de não tem companhia, o clima severo e as exíguas  condições do local, o deixam deprimido e ele perde a vontade de viver, afinal... Pra que sobreviver sem ter com quem compartilhar as mazelas e que lhe dê forças para suportar essa vida tão sofrida e solitária?

Já sem forças por estar tantos dias sem comer, com o estômago nas costas e com o intestino devorando seu fígado. Ele faz uma última tentativa e verifica se pegou alguma presa em sua armadilha e, pra sua surpresa, capturou uma fêmea... Humana!

Ela é estranha e muito diferente de tudo e qualquer coisa que ele já tenha visto. Suas roupas são uma incógnita com formas e matériais que ele nunca viu, mas o que realmente o incomoda é que ela é mais barulhenta que um papagaio, o que o deixa com dor de cabeça, mas apesar dos pesares ele sente um sopro de esperança rondar o sio cuore ao perceber que agora tem companhia. Com certeza ela deve ser o seu tão sonhado Casal Sagrado do Caraaaglio. Graças a Deus! Agora ele não vai mais ficar sozinho!

Apesar de inteligente, ele é tão primitivo que ainda não desenvolveu habilidades da fala. A duras penas consegue compreender algumas poucas palavrinhas. Através de grunhidos, rosnados e mímica ele tenta fazê-la entender que vai escurecer e é muito perigoso permanecer nesse local, ainda mais ela fazendo tanto barulho, o que vai acabar atraindo sabe-se lá Deus quantos animais famintos.

Apontando para si, ela se apresenta...
— Pa...Pa...Gaia! Papagaia!

Depois de muito penar, ele finalmente compreende que esse é o seu nome e tenta repetir... 
—Pa...Pa...Ga...Ga...Gaia! Gaia? GAIA!

Apontando para si ele balbucia...
— Tcha... Tcha... Tchaca! TCHACA!

Ela foi parar numa época em que a roda ainda nem tinha sido descoberta, ele não conhece nem o mais rudimentar dos apetrechos, quiçá as ferramentas básicas de sobrevivência. Ela literalmente se vira nos 30 demonstrando uma inteligência de Einstein, espírito de McGiver e ideias de Beakman ao resolver os problemas básicos do dia-a-dia. Gaia consegue driblar as dificuldades e, a duras penas, percebe que foi parar nos confins do Elo Perdido!

Devido a inaptidão de Tchaca de se comunicar, um diálogo monossílabo vai ser recorrente durante toda a estorinha. Ela faz altos monólogos que ele não entende patavina, a única coisa que ele consegue é a tal da dor de cabeça, mas ponderando os prós e os contras, chega à conclusão que esse é um preço muito pequeno a pagar pra ter a sua companhia.

By the way... Nem eu nem você iremos saber exatamente o que ela fala, pensa ou sente. Apenas iremos deduzir e fazer conjecturas, uma vez que o livrinho é todo narrado sob a perspectiva de Tchaca. Você irá ouvir sua emoção mais profunda, o grito de desespero dos seus pensamentos, sentirá o medo quer ele sente só de imaginar que pode perder a sua companheira. Se comoverá com sua angustia pra provar que ele é capaz de ser um bom provedor e que, não só pode cuidar dela como também de todos os seus futuros filhos.

Seu desejo recorrente é de lhe "fazer" um filho, pois a seu ver essa é a única maneira deles terem um futuro nesse lugar pré-histórico e tão phodido com condições tão sub-humana. Tchaca mal sabe fazer o "O" do fundo do copo do dois-pra-cá dois-pra-lá da dança do criolo doido, mas com uma professora tão dedicada e um aluno tão aplicado, eles fazem a lição de casa do soca martela marreta com criatividade e maestria. 

Muitas vezes fiquei com "toque" com a falta de higiene e com uma vontade insana de lhe enviar um Sedex 10 com um kit de higiene contendo álcool, água sanitária, lencinhos umedecidos, shampoo, sabonete, escova de dentes... 

Tentei me colocar no lugar de Gaia, mas não sou uma pessoa tão forte e obstinada pra sobreviver num ambiente com tantas mazelas. Acredito que definharia e morreria de fome, pois não tenho estômago ou paladar pra essa comida ”dinossaurico”. Acho que também vou incluir na encomenda alho, azeite, pimenta, condimentos quiçá um ketchup pra tornar mais tragável a gororoba que eles comiam. Ops... Acho que vou ter que fretar um avião pra entregar toda essa mercadoria!

O livro tem tudo pra dar errado. Uma combinação esdrúxula cujo casal tem uma diferença de milhares de séculos, não há conexão mental nem mesmo se falam e os hábitos sáo diametralmente opostos. Há um buraco negro cultural os separando. Vivem sem quaisquer condições sanitárias. Além do que... Tchaca é Neanderthal e Gaia Homo Sapiens! E eles só se comunicam através de caras e bocas além de grunhidos, mímica e gemidos.

Não há um único diálogo nessa estorinha, mas isso não te impede de tentar arduamente adivinhar os anseios, desejos, medos e aflições de Gaia. Um caldeirão improvável que poderia dar errado, mas milagrosamente essa mistura pouco ortodoxa se transforma no mais lindo livrinho e na mais tenra estória de amor!

Você ri, chora, lamenta e se condói com todas as mazelas e sofrimentos que eles passam e torce, fervorosamente, por um final feliz. Fica angustiado e com o coração partido quando ela tem que escolher entre o Amor, apesar das dificuldades inenarráveis do presente, ou a tecnologia e a comodidade do futuro!


Durante todo o livrinho fiquei encantada com a trama e com o carisma dos personagens. Isso justifica o medo que rondou o mio cuore de que ela perdesse a mão fazendo com que o final fosse tosco, o que acabaria de vez com a minha alegria.

Faltando poucas páginas para terminar, fico ansiosa ao ver que ainda não tinha as respostas a todas as minhas dúvidas, mas nos 48' do segundo tempo elas são respondidas a galope, mas magistralmente e com tanta maestria. 

A autora não só amarrou todos as pontas soltas como ainda conseguiu fazer um gol de placa ao dar um final glorioso e surpreendente pra essa estorinha! Eu nunca teria pensado num final tão emocionante e inusitado quanto esse. Só sinto por ela não ter se estendido um pouco mais para que pudéssemos saborear com mais calma e por mais tempo essa adorável e memorável estorinha.

Terminei o livro aos prantos. O sentindo de desolação, abandono e ternura foi tanto que, não querendo ainda me despedir de Gaia e Tchaca, voltei para reler e saborear vagarosamente o último capítulo. Confesso que ainda tenho lágrimas nos olhos e um profundo sentimento de perda e desolação. Parece que perdi alguém muito querido.

Comecei a ler com o pé atrás, esperando um homem das cavernas ogro, bruto, animal, selvagem e sem carisma, cuja única coisa que poderia me proporcionar, além do cascão e do mau cheiro, seria piolho, lendia, chato, bicho de pé e carrapato, mas tive a mais doce surpresa ao cair de amores e me apaixonar perdidamente por Tchaca, cujo único desejo é fazer tudo o que estiver ao seu alcance para fazer sua companheira feliz, inclusive colocar as prioridades dela acima de suas próprias necessidades. Esse homem das cavernas é um gentleman de tal magnitude, que ele consegue, de uma maneira brilhante, solucionar o nosso pior pesadelo feminino!

Chego à conclusão que a autora foi muito feliz ao contar a trama através dos olhos de Tchaca, sem nos deixar ver os sentimentos de Gaia, o que teria nos distraído. Sob essa perspectiva, fica claro o Amor incondicional e o carinho incomensurável desse adorável Neanderthal.

Como todos sabem o livro preferido da Adriana, o número um, o "The best of the best" e que fez transbordar o mio cuore é "Lição de Ternura" da Sandra idolatrada Salve Salve Canfield. A Boattini vai ter que pedir licença, pois não vai ter jeito, preciso dividir o pódio, talvez até mesmo destituí-la dessa colocação ao dar o primeiro lugar ao imemorável "Transcendence" da Shay um adorável Savage no mio cuore!

By the way estou em dúvida se consegui deixar bem claro que a Adriana ADOROU esse livrinho! Definitivamente ele se tornou o Hominho di Papel preferido da chorosa e inconsolável Boattini!

Todos estão na torcida pra o lançamento da mesma estória, porém sob a perspectiva de Gaia, com todos os seus medos e angústias, mostrando seus sentimentos e ponto de vista, além de solucionar e resolver algumas dúvidas que ficaram durante a trama, uma vez que ele não entendia por não ter conhecimento tecnológico ou experiência de vida.

A Adriana se despede saudosa desse adorável livrinho e a Boattini está com  o coração partido e em frangalhos, já com saudades desse sensível, honorável, idolatrado, salve salve Hominho di Papel. Esse livrinho é simplesmente um espetáculo! Uma maravilha!

Literalmente esse é o tipo de amor que é pra sempre e mais um dia, até que a morte os separe (e junte) forever and ever. Esse love story mostrou que apesar das inúmeras diferenças de idade, de tempo, de era e de vida... Gaia e Tchaca são verdadeiras almas gêmeas ao infinito... e além!

Adriana Snif... Snif... Snif Boattiini

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Book Tour: Lisa Marie Rice - Midnight Fire (Midnight #7 - Men of Midnight #4)



Midnight Fire
Review in Portuguese
(English Review scroll down)

Os Kennedy são uma típica família de comercial de margarina com a casinha de cerca branca e o jardim florido, cercado de muito amor e carinho, eles ainda tem o caráter ilibado. Crew é o charmoso  filho mais velho, ele trabalha para o Governo como agente infiltrado e nem sua família sabe do seu  trabalha disfarçado.

Quando o Patriarca é convidado pra ser candidato a Presidente, todos acreditam em sua competência pra colocar o país nos eixos. Infelizmente durante a cerimônia, terroristas põem fim a essa esperança ao dizimarem todos os presentes ao evento.

Aparentemente só Palmirinha sobrevive, mas Crew se encontra entre os escombros muito ferido, e mesmo desorientado percebe que o mandante do atentado pode ser alguém do seu próprio Governo, por isso, fica oculto para desbaratar essa corja assassina.

terça-feira, 9 de junho de 2015

BOOK TOUR: Lisa Marie Rice - Midnight Secrets (Midnight #6)


Midnight Secrets

Review in Portuguese
(English Review scroll down)


Phêdo é um Seal corajoso, vigoroso e leal, que está afastado do campo de batalha por ter sofrido sérias contusões, que o deixaram em coma. Após várias cirurgias, ele precisa de inúmeras sessões de fisioterapia para poder voltar à ativa, ficará “de molho” por alguns meses até se restabelecer.

Ele não vê a hora de ficar “zero bala”, pois está ansioso para voltar a labuta diária e fazer valer o seu generoso salário, mas por ordens médicas amarga um repouso forçado até estar pronto e retinindo pra poder agir “Na Surdina”, empresa do qual seu honorárel amigo Etíope, que foi o seu ex comandante dos Sealpherô. 

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

BOOK TOUR: Lisa Marie Rice - Midnight Promises (Midnight #5)


Ficha técnica: Midnight Promises
Autora: Lisa Marie Rice
Editora Carina Press
Lançamento original: 19/JANEIRO/2015
Lançamento BR: ainda não
197 páginas

Review in Portuguese

(English review scroll down) 

Penélope foi criada para nunca conversar com um estranho ou brincar com um desconhecido. Seus pais Nobel e Anastácia não a incentivavam a dar um olá para o vizinho, a dormir na casa de um colega ou mesmo ter um amigo. Seus pais desconfiavam da própria sombra, o que fez sua vida ser pacata, chata e aborrecida.

Desde pequena sua válvula de escape foi se aventurar no mundo virtual, para a solidão deixar de ser real. Essa foi a maneira que ela encontrou para ter um contato mais íntimo com o desconhecido, as aventuras digitais atenuavam sua amargura abrindo um mundo de novas descobertas.

sábado, 26 de julho de 2014

BOOK TOUR: Lisa Marie Rice - Murphy's Law

Ficha técnica: Murphy's Law
Autora: Lisa Marie Rice
Editora The Story Voult
Lançamento original: Janeiro/2006 (Título: Dying for Siena). 
Relançamento: 12/junho/2014
Lançamento BR: ainda não 
281 páginas

Review in Portuguese
(English review scroll down) 

Durante toda sua vida Chicó se dedicou a desvendar as agruras da Matemática, devido a sua extraordinária capacidade lógica e a rapidez no cálculo mental. Expert no assunto, tem como oração no criado mudo a Fórmula de Bhaskara. Assim como a Adriana, ela é uma das poucas que ama essa tão incompreendida, malfadada e difamada matemática, bem como a Professora Boattini.
Chicó é cheia de contrastes, pois apesar de sua assombrosa capacitada matemática e o PhD numérico, ela é uma moglie travada e uma negação no traquejo amoroso, uma lástima no entrosamento sexual e não tem nenhuma experiência no dois pra cá dois pra lá da dança do crioulo doido, ou seja, ela é uma “Virgem in Conserva” cujo lacre ainda está intacto e inviolado.

Entre os delírios do quadrado da hipotenusa e a soma do quadrado dos catetos, Chicó está com um olho no peixe no Teorema de Pitágoras, e o outro no gato da função quadrática de João Grilo, irmão de sua melhor amiga.

Há muito tempo ela baba pelo seu imenso corpo delineado, musculoso, gostoso e phodido, que praticamente não tem nenhuma grama de gordura e quase 100% de puro músculo e delírio. O que já era de se esperar do corpo de um jogador profissional de hóquei de alto nível, ainda mais sendo ele um atleta de elite.

Tantos anos de trombadas, capotamentos e colisões, fizeram João colecionar inúmeras fraturas e diversas contusões de todas as cores e tipos. Entre um esmagamento de osso, um tornozelo quebrado, um joelho amassado, uma costela partida, um ombro deslocado e inúmeras fraturas sem fim. Pode-se dizer que ele ficou com o corpo pherrado e com muitos Grilos!

Após receber a triste notícia de que não poderá mais jogar profissionalmente, pois corre o risco de ficar aleijado pra sempre, sem sorte João fica sem norte quase a beira da morte ao imaginar a longa vida de inércia que terá pela frente, o que o deixa cheio de Grilos ao imaginar o tédio que será a sua vida sem nenhuma atividade física.

Ele está longe de ser um paciente modelo. Seguindo o exemplo de todo Men machão, turrão e teimoso que se preze, o que você imagina que ele faz para fugir da tristeza e esquecer que esse é o fim de sua carreira esportiva? Vale lembrar que o "trator" passou por cima e ele ainda ganhou uma bela concussão cerebral. O quê? O quê? O quê ele faz com esse imbróglio?

Corre para o hospital e fica na UTI em repouso absoluto? Passa massa corrida a fim de colar a fissurinha? Enche a cara e bebe até cair para fugir da dura realidade, na esperança de esquecer que sua carreira esportiva foi pra casa do Caráaaglio? Dica: Lembre-se da combinação letal e fatídica de Concussão + Birita!

Nas esquinas das ruas da vida, os caminhos da sóbria Chicó cruzam com o ébrio João Grilo. Entre um gole de cana braba e outro de catchaça, eles se esbarram pelo caminho. Ela que o cobiçava escondido, de repente fica face to face e se torna sua amiga de copo e companheira de birita. Como boa samaritana, entre um gole aqui e um tropeço acolá, ela o leva para casa.

Já de pilequinho e com o corpo todo moído, eis que eles vão parar entre lençóis e João, que nunca botou reparo em Chicó, de repente fica todo interessado e com uma vontade filadaputa de mostrar pra ela toda a belezura que é o seu Grilo!

A boca do mano é uma draga que a suga feito um bueiro entupido. No paraíso, ela quase capota e começa a suar frio quando é cutucada por seu imenso bastão. Ela que só tem a experiência de uns amassos juvenis, se vê acossada por um Men expert que, mesmo bêbado, sabe com maestria dar um duplo mortal twist carpado. Apesar de só ficar no amasso do lepo lepo, ele a faz contar estrelinhas.

Quando João roça o capim e começa a desbravar sua caverna, apesar de bêbado, percebe que há uma trava e um cadeado na porta do dragão, grogue e meio alto pergunta cheio de Grilos...

— Arebaba! Ma rapaz! Não me diga que tu é uma “Virgem in Conserva”?

Com medo de perder a vez e ter que sair do seu lugar privilegiado na janelinha, ela tem receio de admitir e perder o descarrilamento desse trenzinho caipira, por isso responde cheia de delírios...

— “Virgem in Conserva”? Tá louco Men? Com a minha idade? É claro que o lacre Seal rompeu a very long time ago!

Recebendo o aval e a chave da cidade, carinhosamente e cheio de precisão ele engata a primeira, desliza na segunda, soca na terceira, martela na quarta, marreta na quinta e dá a ré, o que a faz gritar no seu SEGUNDO orgasmo múltiplo!

Revoltada, a Adriana quer deixar anotado aqui por escrito que a mermã é professora de Matemática, e até hoje só apareceu João Ninguém na vida da mina, que além de tudo só quis botar Grilo na cabeça da Boattini! Ixalá Santinha bota reparo in Nóis Caráaaglio!

Até o momento ela mais parecia uma boneca inflável, pois só conseguia virar os zoinhos devido à falta de experiência e o medo de meter os pés pelas mãos. A ânsia de querer aproveitar todo esse delírio a fizeram ficar imóvel a fim de saborear todo o movimento sexy, mas ao ver o mermão arfando satisfeito após Seal phodê gostosinho...

Eis que ela cria coragem e começa a acariciá-lo lhe dando umas bitoquinhas, prova o seu gosto salgadinho o lambendo like pirulito além de apalpar o seu corpo phodido. Apesar do aconchego nos braços de João, começa a se sentir esmagada com o peso dos seus músculos. Ao ver que não aguenta mais os seus Grilos, murmura pedindo...

— Foi tudo muito bom, bom, foi tudo muito bem, bem, mas realmente, mas realmente, eu não estou conseguindo respirar, muito menos me movimentar devido ao imenso peso do corpo do mano. Por isso vos peço encarecidamente... Dá pra dar uma licencinha ai, e sair de cima di mim Caráaaglio? 

Nisso recebe como resposta...

— Ronc... ZZZ... Ronc... ZZZ... Ronc... ZZZ!

— Puuutaaa Quuueuuu Paaariuuu! Não vai me dizer que o filadaputa não só dormiu como ainda está roncando bem alto em cima di mim?

No dia seguinte...

— Ei você? Ehhh Você mesmo! Ô Psit? Gata? Mina? Mermã? Moglie? Ohhh Caráaaglio! Tô falando com você que Seal phodeu comigo!

Cumé? João comeu do bom e do melhor, saboreou o seu body, arrombou o sio cuore, tirou o seu lacre e nem se alembra quem es tu Brutus? Pelo menos ele deveria ter a decência se lembrar que ela é a melhor amiga de sua querida irmãzinha, pelo menos isso!

Ohhh Sorte Triste! Vai ver foi a maldita catchaça aliada a bela concussão cerebral que o fizeram se esquecer, sem nenhum Grilo, de quem é Chicó! Oh vida lazarenta. Só sei de uma coisa... Só sei que foi assim!
Como desgraça pouca é bobagem, ela ainda descobre que ele iria sair com outra e como levou o bolo, a pegou como um paliativo genérico e transgênico, uma vez que a original não apareceu! Ai confesso que ele phodeu de vez com todas as chances de ser perdoado e compreendido!

Derrotada, deprimida e arrasada, o Raul nem perguntou que Chicó se tocou e pegou o seu banquinho saindo de fininho pra Pasárgada, ou melhor, aproveitou as oportunidades matemáticas e foi trabalhar em Siena, na ensolarada Itália!

Engraçado não? Na real life a única coisa que dá para fazer quando algo dá errado na vida da Adriana é molhar os pés na beira da represa Guarapiranga ou então jantar fora, colocando a mesa no quintal do vizinho sob o brilho do luar e o aconchego das estrelinhas. E essa filadaputa da Chicó ganha uma passagem de ida com todas as despesas pagas para a Itália? Quisera eu pudesse fazer as malas diante de um problema, e me mandar curtindo a fossa parlando italiano com um Men tudibom. Mama Mia! Porca Miséria di vida maomeno é essa Boattini!

Como diz a Lei de Murphy... Não há nada que esteja pior que não possa piorar! Nesse paraíso italiano, ela tem um chefe que tem uma calculadora no lugar do coração, o que a faz pensar que ele precisa urgentemente fazer um transplante, pois acredita que ele tem um vazio no sio cuore!

Por isso, quando ela o encontra imóvel caído no chão, catatônico e imóvel, após minutos de conjecturas ela coloca o seu cérebro matemático pra funcionar e se aproxima da vítima, mas ao ver o Men azul, pálido, praticamente uma múmia paralítica, que ainda tem uma faquinha di rocambole encravada no peito... O que ela faz? O quê? O quê? O quê Caráaaglio?

Liga desesperada para o SAMU? Presta os primeiros socorros e faz massagem cardíaca? Corre abilolada em busca de ajuda? Grita: Somebody help me? Se afasta para não destruir as evidências e faz o possível para não corromper a cena do crime? Fica a espera dos representantes do CSI Siena e do CSI Itália que vão querer vasculhar em busca de provas a procura desse assassino? Bebeu Adriana? Ah já sei... tu cheirou cola Boattini!

Mama mia fala logo Caráaaglio... O quê ela faz porca miséria? É claro que não só ela mexe no corpo, como ainda o move como um pedaço de carne exposta no açougue da esquina. Como se ainda não bastasse, ela ainda retira a faquinha di rocambole que estava enterrada até o talo no peito do Boss, a manuseando e examinando como uma perita, deixando bem claro e nítido todas as suas digitais. Inicia-se então... O Auto da Compadecida!

Confesso a vocês que nessa altura do campeonato o Horatio Caine, do CSI Miami, deve estar arrancando seus cabelos vermelhos, segundo a Marilda. E aposto que o Mac Taylor, do CSI New York, está espumando diante do estrago das evidências! Mama Mia! Esperava-se um pouco mais de racionalidade e objetivo em uma moglie matemática, racional e tão detalhista. Isso está parecendo o cenário de um assassinato de um filme trash de quinta categoria!

Como todo livrinho além da imaginação, quando chega o policial responsável pela investigação, não só ele é o sonho di consumo molhado de toda moglie, como ainda é nada mais nada menos do que o primo gostosão tudiboom e distante de João Grilo. Um Men desse naipe e com todo esse grosso calibre já é demais, agora que faça gorgulhas de amor em italiano? Ulalá! 

Confesso a vocês que a Adriana deixa de muito bom gosto o João Grilo para a Chicó. A Adriana só pede encarecidamente que deem a vaga para a Boattini assumir o cuore desse Gustoso Cugino que é uma delícia! Manda esse primo policial pra mim! Só de imaginar seus murmúrios de amor em italiano nos meus ouvidos, roçando o queixo barbeado no meu cangote... Me deu um frio na barriga e me subiu um currupio! Putz Ovulei Caráaaglio!

A partir daí não é de se admirar que Chicó seja uma das suspeitas de ter cometido o crime, e quando João fica sabendo de todo esse babado pelo primo italiano, corre cheio de Grilos atrás do prejuízo.

Esse livrinho é atípico, pois todos os Men da Lisa Marie sempre dão um Seal Rice quando botam reparo na mina, pois na primeira vez que se encontram, imediatamente sentem a próstata pular e o bingulim sacolejar, e mesmo antes de respirar ele já sabem que ela é o seu “Casal Sagrado do Caráaaglio”, o que não é o caso de João que logo de cara ficou cheio de Grilos!

A Adriana agradece a Lisa Marie pela oportunidade do povo Tupiniquim mostrar o que acha da sua estorinha, ao nos permitir fazer a nossa versão. Muito Obrigada a Vânia “Antenada” Nunes por colocar a Boattini nesse “Rol da Fama” Literário, e a Marilda “Gambito” Custódio pela revisão final e por seus pitacos tão cheios de sabedoria.



Review in English

Throughout his life Math devoted to unravel the travails of mathematics due to its special logic capacity and its speed in mental calculation. Expert on the subject has the prayer on the nightstand: Bhaskara formula. Like Adriana, she is one of the few who loves this so misunderstood, maligned and ill-fated math, like Boattini teacher.

Math is full of contrasts, despite his amazing qualified mathematics and PhD, she is a stuck moglie and a denial of the loving graces, no sexual relationship and have no experience, she is a "Virgin Preserved" whose label is intact and inviolate.

Among the delusions of the square of the hypotenuse and the sum of the squares of the legs, Math is with an eye on the fish on the Pythagorean Theorem, and another cat in the quadratic function of Hockey, the brother of her best friend.

Long ago she drool by his immense, muscular, healthy, outline body and fucked that virtually has no ounce of fat and almost 100% of muscle. What was to be expected in a professional hockey player high level, even him being an elite athlete.

So many years of bumps, collisions and rollovers, did Hockey collect numerous fractures and various bruises of all colors and types. Between a crushing bones, a broken ankle, a battered knee, one broken rib, a dislocated and numerous fractures endless shoulder. You could say he got screwed!

After receiving the sad news that you can no longer play professionally, because it runs the risk of being crippled forever, no luck no north, Hockey is almost dying to imagine the long life of inertia that will have, what makes glimpse life of boredom that will be your life without physical activity.

He is far from being a model patient. Following the example of the whole macho men and stubborn self-respecting, what you think it does to get away and forget the sadness that is the end of his athletic career? Remember that the tractor ran over and after the damage, he still won a toast concussion. What he does with this mess?

Rushes to the hospital and is in ICU at absolute rest? Pass mass wall to patch the crack in the head? Drink till you drop to escape the harsh reality, hoping to forget his sporting career went home the Fuck? Hint ... Remember the lethal combination and fateful: Concussion + Drink!

In the corners of the streets, Sober Math crosses paths of drunken Hockey. Between a sip of beer and another of vodka, they stumble along the way. She suddenly comes face to face and becomes her friend and companion drink. How good Samaritan, between a sip here and there stumbling, she takes him home.

Already drunk and with his whole body bruised, behold, they will stop between the sheets. Hockey had never noticed Math, suddenly get all concerned and with a willingness motherfucking to show her gorgeous stick!

His mouth is a dredge that sucks like a clogged drain. In heaven, almost turn off and starts to sweat when it is poked by his huge stick. She only has the experience of a juvenile snogging, sees beset by an expert that even man drunk he knows waddle masterfully. Despite being just groping, he makes she count stars.

When Hockey graze the grass and starts playing the bells of her cave, same drunk realize that there is a lock on the door of the dragon, groggy ask her a suspiciously question...

— Arebaba! You're a “Virgin Preserved"?

Afraid of losing time and having to leave the privileged place in the window, she is afraid to let go of that little train derailment, responds full of delusions ...

— "Virgin Preserved"? Are you nuts? With my age? Of course the label broke a long time ago!

Receiving the endorsement and the key to the city, affectionately and full precision he engages the first, slides into second, punches in the third, fourth hammers, sledge hammer on Thursday and gives the defendant, which makes her scream in orgasm SECOND!

Outraged, Adriana wants to leave noted in writing that she is a professor of mathematics, and to date only appeared John Doe in my life, that besides all just wanted to put cricket on head Boattini! Ixalá Our Lady helps us fucking!

So far she looks more like an inflatable doll, because she could move her eyes due to lack of experience and fear to exchange her feet with her hands. The urge to want to take all this delirium, did her stay stopped still in order to enjoy all the sexy movement, but to see him gasping satisfied after fucking hottie ...

She creates courage and begins to stroke him, give him kisses and test your taste like licking lollipop and gropes her body fucked. Despite the warmth in her arms, she begins to feel overwhelmed with the weight of your muscles. Not holding more, murmurs asking ...

— It was very good over really I'm not able to breathe, much less move around due to the body weight. So I ask you ... Can you kindly excuse me and leave me the fuck up?

She receives an answer...

— Ronc... ZZZ... Ronc... ZZZ... Ronc... ZZZ!

— Holy shit! Do not tell me that this son of the bitch not only slept like is still snoring loudly yet upon of me?

The next day ...

— Hey you! Yourself! Ohhh..? Girl? Cat? Woman??

What's? Hockey ate the good and the best, savored his body, broke his heart, took his stamp but not remember who is she? At least he should have the decency to remember that she is a friend of his sister, at least that! Ohhh Sad Luck! Maybe it was the damn drink combined with concussion made ​​him forget who's Math! Oh sorry fate. Ohhh life difficult!

How little doom is silly, she still finds that he would come out with another and as received the pipe, took it as a generic and transgenic palliative, since the original did not appear! Then I confess that he fucked every chance to be forgiven!
Defeated, depressed and devastated, she's gone and slipped away and took the mathematical opportunities and went to work in sunny Italy!

Not funny? In real life the only thing you can get done when something goes wrong in the life of Adriana, is to go get their feet wet on the edge of Guarapiranga or dinner then off to put the table in the backyard, under the glow of the moonlight and the warmth of the stars .

And this math, son of the bitch has a one way ticket with all expenses paid to Italy?? I wish I could pack up and send it to enjoy speaking italian with my mess. Mama Mia! Misery! Ohhh Boattini this dull life!

As Murphy's Law says ... There's nothing you can not get any worse! In this Italian paradise, she has a boss who has a calculator in the heart, what makes you think he urgently needs a transplant because it believes there is a void in his chest and no pulse in his heart!

So when she finds him lying motionless on the ground motionless and catatonic after minutes of conjecture, she puts your brain at work and mathematical approaches, but when she see your boss blue, pale, almost a imovel mummy with a stylus stuck in his chest... what does she do? What? What? What's fuck?

Call desperate to 911? Provides first aid and does massage heart? Runs for help? Scream: Somebody help me? She enters and no touches nothing? Depart does not to destroy the evidence? She does her best to not corrupt the crime scene? The CSI Siena and CSI Italy are expected that will want to scour all?

Does Adriana drank? Oh I know ... You sniffed glue Boattini! Mama mia talk soon... What she does fucking? It is clear that not only moves the body like withdraws the stylet buried in the chest of the man!

I confess to you, at this time Horatio Caine from CSI Miami must be pulled his red hair, second Marilda. Mac Taylor from CSI New York must be twitching by evidence of damage! Mama Mia! I was waiting a little more rational and objective in a mathematical person. This is like the scene of a murder of a fifth category of trash movie!

Adriana wants to say thanks to Lisa Marie for the opportunity to show what brazilian people think of your story, to allow us to do our Review. I need to say thank you too to Vanya "tuned" Nunes by put Boattini in "Hall of Fame" Literary. And thanks to Marilda "Gambito" Custodio for your final review and its opinions so full of wisdom.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

BOOK TOUR: Lisa Marie Rice - Breaking Danger (Ghost Ops #3)


Ficha técnica: Breaking Danger
Autora: Lisa Marie Rice
Editora Avon
Lançamento original: 15/julho/2014 (em pré-venda)
Lançamento BR: ainda não
320 páginas

Review in Portuguese
(English review scroll down)

Pajé trabalha com pesquisas de última geração. Reza a lenda que toda cientista que se preze é tímida, introvertida, calada e retraída, com ela não é diferente pois vive enfurnada no laboratório, não participa das badalações, não comunha com os mermãos muito menos faz selfies ou alardes de suas descobertas.

Ela faz parte do seleto grupo de pesquisadores top de linha que buscam novas técnicas para desenvolver, aprimorar e reinventar o desempenho humano. Compenetrada, não imagina a baixaria que rola por trás dos panos ou tem ideia da sujeira jogada embaixo do tapete dessa “conceituada” empresa. Não sabe de nada, inocente!

terça-feira, 4 de março de 2014

Contos do Santuário 1 - A História de Nós Dois - Adriana "Nina" Reis



Ser criada num orfanato fez com que Julie Andrews nunca pudesse contar com o amor maternal ou qualquer outro tipo que o valha. Devido à influência da filantropia das irmãs, e sem a perspectiva de um futuro diferente, ela não vê outro destino além daquele ao qual é apresentada, e se torna uma Noviça da Ordem da “Nossa Senhora 100 Orgasmos Múltiplos”.

Ordem essa que tem como objetivo enviar suas religiosas para os lugares mais remotos desse Brasil Varonil, podendo a mesma se estabelecer no mais escondido recôncavo bahiano do Oiapoque ou ser enviada a mais erma esquina das ruas da vida de Chuí.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Mulher (sortuda) em Fuga - Lisa Marie "Seal" Rice

Cigana teve uma vida nômade devido às inúmeras transferências militares de seu pai. Apesar das diferenças culturais sempre aproveitou o que há de melhor em Paris ou no Zimbábue. Tem o passaporte cheio de carimbos e fluência em diversos idiomas, o que a tornam uma cidadã do mundo.

É uma moglie chic, elegante e sofisticada. Trabalha como editora e tem a vida literária que pediu a Deus. Como boa vivant frequenta bons restaurantes, e tem como hobbie assistir a filmes antigos comendo pipocas com os amigos.

Em suas andanças pela night, presencia Don Corleone assassinar brutalmente um comparsa. Mal sabe ela que ele é o mais famoso, perigoso e temido mafioso do submundo di Papel. Cigana passa a ser a única testemunha ocular desse crime.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Um Vizinho (gostoso) Infernal 1 - Jogando (comida) para Ganhar - R. L. "Morta di Fome" Mathewson

Durante toda sua vida, Coragem - por medo do confronto - deixou para trás assuntos mal resolvidos, agressões verbais, furtos ocasionais e conversas sem sentido, pois o que lhe falta é culhão para dar à cara a tapa. Ela não consegue escapar dessa sina, nem mesmo quando o assunto é sua “adorável” e “agradável” família. Os anos passam, os anos voam e ela continua cada vez mais covarde, deixando os outros fazerem o que querem da sua vida numa boa!

Sua vida piorou, e muito, quando há cinco anos ganhou um incômodo e irritante vizinho. Durante todo o tempo que Etíope mora ao seu lado, ela só teve Coragem de observá-lo por trás das cortinas, e após tantos anos dividindo o mesmo quintal, ela baba ensandecida por seu body 4x4 Off Road, cobiça suas pernas musculosas, delira com o seu peitoral definido e sonha com os gominhos do seu tanquinho. Apesar de desejar fervorosamente seu corpão varonil, não tem como não botar reparo no seu jeitão sem educação, mal educado, grosseiro, transgressor e tão morto di fome. 

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Iniciando (eu quero um) Christian - Brothers of the Absinthe Club 3 - Emma "Mocinho" Wildes

Em 1800 e bolinhas era comum casamentos arranjados, pois muitas vezes esse era o único caminho viável, para a sobrevivência financeira das tradicionais famílias quatrocentonas da época, que uniam seus títulos de nobreza às fortunas não tão tradicionais, para consolidar os egos enfraquecidos e atenuar as desgraças contábeis, e em alguns casos, apenas por cobiçarem a grama mais verde do vizinho. Faziam o que fosse necessário para não ir à bancarrota.

Com Helena não poderia ser diferente. Durante o tempo que durou seu casamento de conveniência, não houve grandes emoções muito menos grandes desgostos. O dois-pra-cá era muy insosso e o dois-pra-lá totalmente sem graça. Sua união, com seu marido Bonachão, era tão agradável e excitante quanto às violentas ondas de uma poça d’água parada.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Pedido para o Dia dos Namorados by Adriboa

Minha Nossa Senhora... 

Hoje Dia dos Namorados achei por bem lhe encaminhar folders de alguns Men da hora para a senhora colocar no meu caminho. Sei que devido a quantidade imensa de moglie sozinha, encalacrada, atulhada, abandonada, desacompanhada que há nesse mundão de meu Deus, ainda mais nesse dia, fica difícil para a Santinha dar conta de todo o recado.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Jogando (girinos) no Campo – Sophie “Glória” Oak e Chloe “Perez” Lang

Pai di Santo é o técnico do Mandinga o time de futebol americano mais famoso di papel, mas apesar de ter os melhores jogadores o clube não está conseguindo alcançar o sucesso tão esperado, o que faz do seu técnico uma das pessoas mais tensas, desesperadas e frustradas do momento.

Como treinador, Pai di Santo sabe que pode tirar da manga os mais fabulosos e carismáticos jogadores da atualidade, esses 4x4 Off Road tem a ginga e o molejo dignos de um Dream Team, eles são os habilidosos... Frango, Farofa, Charuto, Pinga e Despacho.

Justamente por poder contar com os the Best of the Best do momento, ninguém entende como um time dessa magnitude está chafurdando na lama ao jogar de forma tão capenga, individualmente são imbatíveis, pois são os melhores que o dinheiro pode comprar, mas quando jogam juntos são medíocres e seus resultados não condizem com seus salários milionários.